Simple resolutions you can make whenever you want

en. We are already in January and I just noticed I didn’t mention anything about it here. So first things first, Happy New year!!! I know the month is almost ending but this is a slow blog and I must admit I didn’t know exactly what I wanted to say about a new year, a new month, a new beginning… I’m not the kind of person who makes a lot of resolutions, who eats the 12 raisins (yes, in Portugal we eat 12 raisins at midnight while we make 12 whishes) and I’m not at all “new year, new me” kind of person…

So I decided to write some suggestions to inspire your resolutions or intentions for the next months. Don’t worry if you’ve already done your 2019 resolutions, you can use these for the next months… Usually, I set some intentions every now and then and not necessarily at the beginning of the year. You can also use some of these for next year…

Eat more plants
I’m not saying that you should turn yourself into a vegetarian from day to night. But why not increase the number of vegetarian meals? Veggies are not boring at all and this will be better, not only for the planet but also for you. Check the guidelines for The Planetary Health Diet. You can find really cool blogs on the internet with delicious vegan meals.

Choose yourself
Why not adopt a self-care routine? Try to think about the amount of time you dedicate to yourself per day… Is it enough? Take some time for you, ideally every day, and use this time to do something for yourself: to exercise, to meditate, to prepare a nutritious meal, to read, to go to bed early, to use your favorite body lotion, to go for a walk… Be more mindful and slow down.

Say “no” to what you don’t need even if it’s for free
I know, sometimes it’s difficult, but saying no to unnecessary stuff is a way to reduce the amount of waste we produce and consequently our impact on the earth. Say no to fliers or business cards (you can always take a picture of them and create an album on your phone), to pens, to tote bags…

Be a minimalist and buy fewer things
This applies to everything: clothes, food, furniture… If you don’t need it, don’t buy it. This is still very difficult for me when we’re talking about shoes. And if you have things at home that you don’t need anymore, give them to someone who needs them, sell them, donate them… Just keep the things that give you joy.

Choose to buy local
When you buy local, you get to know the people behind the products, and usually, you get personalized and better service. This is very good for the local economy, where a sense of community is often present and local businesses tend to support each other, working as a cycling economy. For example, when you buy from local farmers, usually you have access to fresh and non-chemical products.

Switch to products with fewer chemicals: for you and for the planet
Taking the cleaning products as an example, you could do your own cleaning products. There are tons of recipes available on the internet. Give it a try! In case you don’t have time to make them, opt to buy them in bulk. The cleaning products from the bulk stores tend to have fewer chemicals than the common ones. Worst case scenario, buy the cleaning products at the supermarket from an eco-friendly line.

Switch to cruelty-free products
This was one of my first changes, even before deciding to stop eating meat. Nowadays, there are a lot of cruelty-free brands with very good products, I’m really happy with the ones I have. I always check these three websites when I’m looking for cruelty-free brands: The Ethical Elephant, Cruelty-Free Kitty or A Considered Life.

Dried flowers and pinecones. Flores secas e pinhas.

pt. Já estamos em janeiro e só agora é que me apercebi que ainda não tinha escrito nada sobre o novo ano. Em primeiro lugar, Feliz Ano Novo!!! Eu sei que o mês já está a terminar mas isto é um slow blog e devo admitir que não sabia própriamente o que gostaria de escrever sobre um novo ano, um novo mês, um novo começo… Não sou o tipo de pessoa que faz imensas resoluções, que come as 12 passas e também não sou do tipo “novo ano, novo eu”…

Por isso decidi escrever algumas sugestões, para te inspirar na escolha das tuas resoluções ou intenções para os próximos meses. Não te preocupes se já fizeste todas as resoluções para 2019, podes usar estas sugestões para os próximos meses… Eu costumo definir algumas intenções ao longo do ano e não necessariamente no início. Também podes usar algumas delas já para o próximo ano…

Mais refeições vegetarianas
Não quero com isto dizer para te tornes vegetariano do dia para a noite. Mas porque não reduzir a quandidade de refeições não-vegetarianas? Os vegetais não são uma chatice, e esta escolha será melhor não só para o planeta, mas também para ti. Consulta as linhas orientadoras da The Planetary Health Diet. Hoje em dia consegues encontrar blogs muito giros com refeições vegetarianas deliciosas.

Diz “não” ao desnecessário mesmo que seja gratuito
Eu sei que, por vezes, dizer que não ao que não precisamos é dificil, mas é uma forma de reduzirmos o lixo que produzimos e, por consequência, o impacto no planeta. Diz não a panfletos ou cartões de visita (podes sempre tirar uma fotografia com o telemóvel e criar um album só para este fim), a canetas, a sacos…

Torna-te minimalistas e compra menos coisas
Esta sugestão aplica-se a tudo: roupa, comida, mobiliário… Se não precisas, não compres. Isto ainda é algo bastante difícil para mim no que diz respeito a calçado. E se por acaso tens coisas em casa que não precisas, ofereçam a quem precisa, vende-as, doa-as… fica só com as coisas que te trazem felicidade.

Apoia o comércio local
Quando compras no comércio local, fica-se a conhecer as pessoas por trás dos produtos, e normalmente, o atendimento é personalizado, traduzindo-se num melhor serviço. Isto é algo bastante bom para a economia local, onde o sentido de comunidade está bastante presente e os comerciantes locais têm a tendência de se apoiar uns aos outros, funcionando como uma economia circular. Por exemplo, quando se compra diretamente aos agricultores, normalmente tem-se acesso a produtos frescos e sem químicos.

Opta por produtos com poucos químicos: por ti e pelo planeta
Por exemplo, no caso dos produtos de limpeza, podes fazer os teus próprios produtos de limpeza. Há imensas receitas online, dá-lhes uma oportunidade! Caso não tenhas tempo para fazer os teus próprios produtos de limpeza, podes sempre optar por comprá-los a granel. Normalmente os produtos das lojas a granel têm menos químicos do que as marcas mais comuns. Na pior das hipóteses, podes sempre comprar os detergentes no supermercado de uma marca mais amiga do ambiente.

Opta por produtos não testados em animais
Esta foi uma das minhas primeiras mudanças, mesmo antes de decidir não comer carne. Hoje em dia há imensas marcas de produtos não testados em animais com boa qualidade, eu estou muito contente com os meus. Quando preciso de confirmar se alguma marca não testa em animais, consulto sempre um destes três sites: The Ethical Elephant, Cruelty-Free Kitty ou A Considered Life.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap