Moving with low impact

en. As our apartment was renovated last month and we had to pack everything and move out (temporarily) I decided to share with you some tips on how to survive to a move with low impact for you and for the planet.
First things first, it’s in these situations that I (probably you too) realize the amount of unnecessary stuff I have at home. Our last moving was three years ago and since then we’ve been accumulating lots of stuff.

A good opportunity to declutter
Moving is always a good excuse to check what you have at home and what you don’t need anymore. Please have two things in mind when you’re decluttering.
First, don’t just throw everything away, take time to think if you really use, need or like the stuff. Second thing, don’t just throw everything in the trash bin… Try to sell it, donate it, ask your relatives if they want it, upcycle it. In case you don’t find a new life for your belongings try to check the recycling programmes in your area and find out the best way to get rid of the stuff.

In Switzerland, I recommend you to sell your stuff on Facebook Marketplace (worldwide), online platforms like Riccardo. You can try to sell your clothes online at Depop (worldwide) or sell them to shops like ChemiseriePlus. You can always donate your clothes and furniture to a Brocky. For books, you can give them to Bücher-Brocky or leave them at one of the Öffentliche Bücherschränke. Didn’t find a second life for your stuff? Check the recycling map here.

Ask your beloved ones for help
Do you need help packing? Do you need help moving? Do you need someone to take care of your plants? Ask your friends and family for help. In our last move, we invited some friends to help us and then we improvised lunch for everyone.

Use time wisely
As soon as you know about the moving try to use time in your favor. Instead of leaving everything for the last minute take time to organize yourself and to find out the best strategy. In case you live with someone, I think is a good idea to discuss it as a team so everyone knows what to do and you can share the tasks.

Take care of yourself and your belongings
In some cases, you’ll need a place to stay or even a place where you can store all your belongings for a while.
We decided not to stay in our apartment during the renovation period so we took holidays, we stayed at friends’ place… plus we’re using the renovation as an excuse to try some hotels.
In case you need a temporary place for your belongings, consider asking family and friends if you can leave some stuff at their place or, worst case scenario, you can rent a storage unit.

Pack clever
Cardboard boxes, bubble wrap, paper, fabric are quite useful in these situations. Instead of buying them ask at supermarkets, shops and even at your office if they have it and if they can give them to you.
Online shopping? Keep all the wrapping paper or bubble wrap from your online orders. Do you have old clothes that are not in good condition anymore? Perfect, keep them as they will be quite useful to protect and wrap furniture.

In Basel, there is an OFFCUT shop where you can buy fabric, paper, boxes for a very cheap price… maybe you can find a kind of an offcut shop close by.

A move sometimes implies stress and requires lots of organization. Don’t make the “Zero Waste” just one more stress factor, take it as a challenge for you to do better than last time.
Being aware of the amount of waste you can produce in moving is already a step and to implement at least one of my suggestions can be the second one. Don’t forget to accept the challenge and to have fun with it.

pt. Como o nosso apartamento foi reabilitado no mês passado e nós tivemos de empacotar tudo, decidi parilhar contigo algumas dicas de como sobreviver a uma mudança de forma a diminuir a pegada ecológica e o stress.
Em primeiro lugar, é nestas alturas que eu (provavelmente tu também) me apercebo da quantidade de coisas desnecessárias que tenho em casa. A nossa última mudança foi há três anos e desde então que temos vindo a cumular tralha.

Uma oportunidade para te livrares do que não precisas
Uma mudança é sempre uma boa desculpa para fazeres uma revisão ao que tens em casa e veres o que já não precisas. Antes de te começares a livrar de tudo tem estes dois aspetos em consideração.
Em primeiro lugar, não deites tudo fora, tira algum tempo para pensares se realmente usas, precisas ou gostas do que tens em casa. Em segundo lugar, não deites no lixo indiferenciado o que já não queres… Tenta vender, doar, pergunta à tua família ou amigos se queirem esses objetos, restaura-os. No caso de não conseguires encontrar uma nova casa ou função para eles tenta saber mais sobre os programas de reciclagem na tua área de residência e descobre qual a melhor forma de te livrares deles.

Na Suiça, recomendo-te que vendas as tuas coisas no Facebook Marketplace (funciona mundiamente), em plataformas de venda em segunda mão como o Riccardo. Podes tentar vender as tuas roupas online no Depop (funciona mundiamente) ou em lojas como a ChemiseriePlus. Podes sempre doar as tuas roupas ou mobiliário a um Brocky. Para livros, podes doá-los a um Bücher-Brocky ou deixá-los num dos Öffentliche Bücherschränke. Não encontraste uma segunda vida para as tuas coisas? Vê o mapa da reciclagem aqui.

Pede ajuda
Precisas de ajuda a empacotar? Ou a fazer a mudança? Precisas de alguém que tome conta das tuas plantas? Pede ajuda à tua família e amigos. Na nossa última mudança, convidámos alguns amigos para nos ajudar e no final improvisamos um almoço para todos.

Usa o tempo de forma eficiente
Após saberes sobre a mudança tenta usar o tempo a teu favor. Em vez de deixares tudo para a última hora, tira tempo para te organizares e para encontrares a melhor estratégia. Se vives com alguém, penso que é uma boa ideia terem esta conversa juntos e trabalharem em equipa, para que cada um saiba o que tem de fazer e assim poderem partilhar as tarefas.

Cuida de ti e dos teus pretences
Em alguns casos irás precisar de um sítio onde ficar temporariamente ou até onde pôr as os teus móveis por exemplo.
No nosso caso, nós decidimos não ficar a viver no apartamento durante as obras, por isso tirámos férias, ficámos em casa de amigos… e além disso usámos a reabilitação como desculpa para experimentar alguns hóteis.
Se precisares de um sítio onde guardar os teus pretences, talvez possar pedir à família e amigos se podes deixar algumas coisas em casa deles ou no pior dos cenários, podes alugar um espaço de armazenagem.

Empacotar de forma inteligente
Caixas de cartão, bubble wrap, papel, tecido são alguns dos materiais necessários para empacotar e proteger o que é teu nestas situações. Em vez de comprares estes items novos pergunta em supermercados, lojas ou até no escritório se por acaso te podem dar alguns destes objetos.
Compras online? Guarda os materiais que vêm a proteger e a embalar as encomendas. Vê que tens em casa e que podes usar… tens roupas ou lençóis que já não estão bons? Perfeito, podes uá-los para cobrir ou embalar os móveis.

Na Suíça, existe uma loja OFFCUT que recolhe excedentes de materiais, onde podes comprar tecido, papel, caixas por um preço muito barato, talvez encontres algo parecido na tua área de residência.

Uma mudança é algo que por vezes causa stress e que requer organização. Não faças com que o objetivo do “desperdício zero” seja mais um fator, encara-o como um desafio para fazeres melhor do que da última vez.
Estares consciente da quantidade de lixo que podes produzir na mudança já é um paço e implementar uma das minhas sugestões pode ser o segundo. Não te esqueças de aceitar o desafio e de te divertires.

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Share via
Copy link
Powered by Social Snap